PROJETO ÂNCORA: DAR UM RUMO A QUEM NÃO TEM “LEME”

No âmbito das disciplinas de Sociologia e Português, a turma Técnico de Apoio à Infância, do 2º ano, recebeu dois representantes do Projeto Âncora, da Póvoa de Varzim, no dia 23 de janeiro na EPE, para apresentar o trabalho que desenvolvem nas ruas desta cidade.

O grupo mostrou curiosidade em conhecer a área de atuação desta instituição que presta um serviço de intervenção em comportamentos aditivos e dependência. Assim, o Dr. Paulo e a Enf. Gabriela explicaram como funciona o projeto, como lidam com os seus utentes, que são toxicodependentes vivem na rua e são ajudados, nomeadamente no fornecimento de material esterilizado, apoio na marcação de consultas, promovendo a sua autonomia e a sua reestruturação individual e a reinserção social efetiva.

Durante a apresentação, os alunos levantaram algumas questões pertinentes, enquanto os técnicos explicavam a essência deste trabalho e foram alertados para esta problemática.

Em suma, com esta iniciativa, a turma percebeu e foi confrontada com a realidade de ser pessoa em circunstância adversas, por isso alguns alunos deixaram uma impressão desta ação de sensibilização: «Não devemos julgar ninguém, pois cada pessoa tem um passado que, muitas vezes, leva a um estado de autodestruição» (Graciela Silva, Luana Giesteira e Mafalda Pacheco); «Temos que olhar para estes utentes como pessoas, sem julgar e sem criticar» (Bruna Faria, Bruna Rodrigues, Maria Costa).

(Texto: Turma TAI5)