Os Suspeitos do Costume

Os alunos do curso Técnico de Gestão do Ambiente voltaram a participar, na manhã do dia 30 de março, na atividade intitulada “Os suspeitos do costume”. Esta iniciativa é promovida pela Esposende Ambiente, e proposta aos municípios pelo Programa Bandeira Azul e pela Agência Portuguesa do Ambiente, pretendendo identificar os resíduos mais frequentes em cada praia (Os Suspeitos do Costume), bem como as suas origens, os impactos e a forma de os reduzir. Esta campanha de monitorização desenvolve-se pelo menos 2 vezes por ano, de acordo com metodologias definidas, que permitam que os dados recolhidos nas praias sejam devidamente analisados. Em março/abril cada praia, onde seja efetuada a campanha, deve aferir e expor 10 Suspeitos do Costume e trabalhar sobre as fontes, os impactos e o que fazer para os evitar.

Neste contexto, os alunos seguiram a metodologia proposta, que consistiu no preenchimento de um formulário e na recolha de todo o lixo de uma secção da praia de Ofir (100x50m). seguidamente os alunos contabilizaram, de acordo com a tabela fornecida, os resíduos recolhidos. Os resultados foram idênticos aos obtidos nas edições anteriores, embora com menos peso de resíduos. Os “principais suspeitos” continuam a ser os cotonetes, beatas e os minúsculos plásticos.

A ação permitiu aos alunos colocar em prática uma metodologia de monitorização ambiental, de forma a compreenderem a importância destas ferramentas para a melhoria ambiental e, também, para alguns alunos repensarem os seus hábitos do dia.

Texto: João Jaques | Coordenador de Curso