Espaços Culturalmente Apelativos

Com o objetivo de consolidar a matéria referente ao estudo da obra “Amor de Perdição”, de Camilo Castelo Branco, na disciplina de Português, a turma Técnico de Receção, do 2ºano, realizou uma visita de estudo a Famalicão, para conhecer a casa onde viveu o escritor e o centro de estudos do Surrealismo, no dia 28 de fevereiro.

Assim, de manhã, o grupo fez uma viagem ao mundo de Camilo e da sua obra, mas foi mais que uma visita, foi uma emocionante experiência, pois o guia, Reinaldo Ferreira, transmitiu, não só  através do humor, mas também através de histórias inéditas, pormenores da vida do escritor de S. Miguel de Seide, prendendo a atenção de todos. Percebeu-se a paixão que este técnico do Museu tem pelo seu trabalho, pois, para além dos conhecimentos e experiência, tem uma sensibilidade extraordinária, daí que esta visita foi emocionante e encantadora para todos.

À tarde, a turma visitou a fundação Cupertino Miranda, nomeadamente a exposição de Isabel Meyrelles e uma oficina, designada “Cadáver Esquisito”. Este momento enriquecedor permitiu perceber várias expressões de arte e a forma como podem ser interpretadas.

 

Foi, sem dúvida, uma experiência cativante, já que os alunos usufruíram de espaços culturalmente apelativos e interessantes, para a sua formação profissional e pessoal.

 

Turma TRC3