Dizemos “Não” à violência no namoro

Ações de sensibilização

No sentido de contribuir para uma formação integral e transversal dos seus alunos, a EPE tem vindo a trabalhar de forma sistemática as questões dos valores e do respeito nas relações afetivas, incutindo nos seus alunos princípios orientadores e comportamentos adequados, alertando-os e consciencializando-os para o flagelo da violência nas relações de intimidade. Assim, estão a ser desenvolvidas ações de sensibilização sobre violência no namoro da responsabilidade do Espaço Bem me Querem, espaço do Município de Esposende de apoio a vítimas de violência doméstica e de prevenção do flagelo que é a violência, que visam contribuir para a construção de relações saudáveis que passam pela confiança, respeito e construção de um projeto de vida afastado da violência. É uma iniciativa que se integra no Programa Municipal de Educação para a Saúde, ao abrigo do projeto Crescer Saudável, que conta como parceiros as escolas do concelho, entre as quais a EPE. O combate e prevenção à violência no namoro pretende identificar sinais de agressividade nas relações, muitas vezes desencadeada pelo uso das novas tecnologias, nomeadamente telemóveis e redes sociais, com controlo assoberbado sobre os parceiros, bem como reconhecer as atitudes de aceitabilidade face a estas situações, dando ainda conhecer as consequências de um namoro pouco salutar, com implicações nos domínios físicos, psicológicos e sociais dos jovens. Na tarde de 24 de fevereiro, recebemos na EPE a Dr.ª Isabel Abreu que dinamizou duas sessões, tendo como público a turma do 9.º ano COZ1 – CEF Operador de Informática – e a turma de 10.º ano TAI4 – Técnico de Apoio à Infância. Outras sessões serão dinamizadas em breve.

  

{Texto: Serviço de Comunicação e Imagem da CME | Sandra Amorim » Diretora Pedagógica}