Dia Europeu da Vítima de Crime assinalado na EPE

Conferência e apresentação do Projeto “MY LIFE”

Decorreu nas instalações da Escola Profissional de Esposende, no dia 23 de fevereiro, a conferência que assinalou o dia Europeu da Vítima de Crime. Perante uma plateia repleta de alunos, professores e representantes das entidades parceiras da EPE, deu-se início à sessão com um momento de dança protagonizado por alunos do curso Técnico de Apoio à Infância. A Diretora Pedagógica, Sandra Amorim, deu as boas-vindas, agradecendo a presença de todos, muito especialmente dos conferencistas e entidades parceiras, e enalteceu todo trabalho desenvolvido por professores e alunos no âmbito deste projeto. De seguida foi feita a apresentação do projeto “MY LIFE”, pela professora Sara Cepa, responsável pela sua criação e implementação, o qual é constituído por um conjunto de etapas singulares e dirigidas aos jovens da escola. Este projeto, nos seus variados momentos, possibilitou a discussão e a tomada de consciência sobre as questões da Ética e Moral no contexto do viver Humano, a desconstrução de crenças e descoberta de novas formas de comunicação, o trabalho das emoções e realidades próximas dos alunos e a descoberta de valores. Assim, os alunos trabalharam temas como a violência doméstica e no namoro, Bullying e Cyberbullying e outros crimes. O projeto passou também pela criação da imagem que serve da base à iniciativa e que se baseia na ideia de que cada jovem tem o poder na sua própria mão de decidir e construir o seu percurso, sempre com base nos seus próprios valores. Seguiu-se o ponto alto desta iniciativa, com as intervenções do Dr. Carlos Anjos, Presidente da Comissão de Proteção às Vítimas de Crime, e do Dr. Gil de Carvalho, Diretor do Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária de Braga. Dois especialistas na área do crime que engrandeceram o evento, com uma mensagem esclarecedora e cativante para todos os presentes e que possibilitou a reflexão sobre o crime juvenil na atualidade em Portugal. Foram abordados temas como o conceito de crime e a sua gravidade, os principais crimes cometidos pelos jovens (furto, roubo, violência doméstica, violência namoro, Bullying, Cyberbullying, consumo e tráfico de droga…), algumas causas que levam ao crime juvenil, o perfil das vítimas e dos criminosos. O encerramento esteve a cargo do Presidente da Direção da Zendensino, Dr. José Ferreira, que reiterou os agradecimento a todos os intervenientes nesta sessão e neste projeto e reforçou a importância destas questões dos valores e da ética serem trabalhadas em contexto escolar. Um vídeo alusivo ao tema da Violência no Namoro, de mensagem simples e eficaz, encerrou esta manhã muito rica para a comunidade escolar da EPE. Foi uma manhã de trabalho interdisciplinar que contou com a colaboração dos alunos do curso Técnico de Turismo, no acolhimento do público e apresentação da sessão, e de alunos de Restauração, no serviço do coffee-break. Com esta iniciativa estamos certos que sensibilizamos, alertamos e despertamos consciências e prevenimos alguns comportamentos de risco. Por outro lado, a crença nos potenciais efeitos de uma reflexão ética na mudança de comportamentos humanos torna-se uma fonte de esperança na existência de homens e mulheres melhores, dotados(as) de um novo sentido de responsabilidade em relação a si, aos outros e ao planeta que nos abriga. Por tudo o que aprendemos e vivenciamos ao longo deste projeto, é uma certeza de que: É urgente a alfabetização ética!