Um dia dedicado às Ciências da Terra e da Vida

No dia 30 de novembro, os alunos da turma TGA2 – Técnico de Gestão do Ambiente, acompanhados pelos professores Elisabete Rodrigues, Catarina Dantas e João Jaques, visitaram o Museu de História Natural e Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP) e a Unidade de Ciência e Tecnologia Mineral do LNEG (Laboratório Nacional de Energia e Geologia). No MHNC-UP visitamos o Jardim Botânico, neste espaço tivemos a oportunidade de ver e fotografar alguns dos magníficos exemplares autóctones, como por exemplo o Teixo e o Azevinho, e exóticos, como por exemplo as Ginkgo biloba e a Sequoia, que existem naquele jardim. Ao longo do percurso, a guia foi mencionando as principais características e curiosidades de cada exemplar florístico. No final da visita entramos num grandioso palacete do sec. XIX, onde nos deparamos com uma magnífica ossada da baleia azul que apareceu em 1937, numa praia de Matosinhos. Depois do átrio central percorremos os vários recantos do palacete e exploramos um conjunto de painéis, módulos e modelos como por exemplo uma parede de vidro repleta de diferentes exemplares de espigas de milho, desde espigas de milho selvagem até às espigas provenientes de plantas geneticamente modificadas. Durante a visita os alunos puderam observar algumas das estratégias de sobrevivência dos seres vivos que lhes permitiram a adaptação a diferentes ambientes e desta forma compreender o seu mecanismo de evolução bem como a importância da biodiversidade para o equilíbrio da biosfera. Terminamos a visita com a exposição de Joel Sartore, fotógrafo que conseguiu, nas suas fotografias, registar “expressões” únicas de animais que se encontram em cativeiro. O Objetivo deste trabalho é criar um dos maiores arquivos de biodiversidade do mundo e inspirar o público a dedicar-se à conservação dos animais mais vulneráveis do Planeta. Depois do almoço visitamos a Unidade de Ciência e Tecnologia Mineral do LNEG. Neste edifício fomos recebidos pela Eng.ª Luísa Matos que, depois de nos ter explicado as funções daquele laboratório, como por exemplo a análise das águas engarrafadas cujas explorações se localizam no norte do país, nos fez uma visita guiada pelo Museu de Jazigos de Minerais Portugueses e pela Exposição de Rochas Ornamentais Portuguesas, espaços onde pudemos observar todo um espólio de recursos geológicos existentes no nosso país. Com esta visita os alunos puderam aplicar e aprender novos conceitos das áreas da Biologia, da Botânica, da Ecologia e da Geologia, num dia inteiramente dedicado às ciências da Terra e da Vida.