“Minha Terra de Encanto”

Marcha da EPE presente nas festividades de S. João em Esposende

O convite da comissão de Festas de S. João de Esposende o curso Apoio à Infância aceitou o desafio para, mais uma vez, apresentar o projeto deste ano à comunidade. Assim, na noite do dia 23 de junho, saíram à rua as marchas da EPE com o tema “Minha Terra de Encanto”. “Minha terra de encanto, terra de memórias, gente de lembranças e de histórias” foi o mote para o projeto que pretende valorizar a terra que, há muitos anos, calorosamente alberga a nossa escola. O tema exalta o património com a valorização das gentes, das lides, das lendas que perpetuam a identidade do nosso povo. Participaram no projeto 45 elementos do curso Técnico de Apoio à Infância. A iniciativa desenvolvida nas disciplinas de Expressão Plástica e Expressão Corporal, Dramática e Musical, com os professores Hugo Vieira, Liliana Cruz e Sara Cepa contemplou a elaboração dos arcos, os adereços, a letra da música e a coreografia partindo do brasão da Vila de Fão. A riqueza deste projeto não se circunscreve à aquisição de competências profissionais no âmbito do curso de Apoio à Infância mas, vai muito mais além ao trabalhar “a liberdade, a responsabilidade, a valorização do trabalho, a consciência de si próprio, a inserção familiar e comunitária e a participação na sociedade que nos rodeia” tal como é definido no perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória. Estamos certos que, com este projeto, são criadas condições de harmonia entre o conhecimento, a criatividade e o sentido crítico com objetivos pedagógicos bem definidos e, em última instância, formar pessoas autónomas e responsáveis e cidadãos conscientes do seu papel no séc. XXI. A marcha EPE sai à rua há 9 anos e também nas festividades de S. João, os alunos, revelaram o empenho e regozijo em representar a EPE. Agradecemos a todos os alunos, encarregados de educação, familiares e à Comissão de Festas que colaboraram e permitiram que tudo acontecesse.

(Texto: Sara Cepa » Coordenadora de Curso | Créditos fotográficos » Luís Eiras)