Alunos de Receção em contexto real de trabalho

Os alunos finalistas do curso Técnico de Receção estão neste momento a desenvolver o segundo momento da sua Formação em Contexto de Trabalho, em unidades hoteleiras e empresas desta área de formação. Com um perfil profissional bastante transversal, estes alunos estão qualificados e aptos a executar serviços de receção e acolhimento em estabelecimentos hoteleiros, alojamentos turísticos, meios complementares de alojamento turístico e outras empresas/instituições. Assim, ao longo de dois meses e meio estas entidades acolhem estes técnicos de formação intermédia para validar competências adquiridas ao longo da sua formação. Na verdade, o trabalho já começou em maio e sublinhamos as parcerias que a Escola Profissional de Esposende já efetuou com instituições e empresas, tais como: Museu de Etnografia e História da Póvoa de Varzim, Museu Municipal de Esposende, Pelouro da Coesão Social do Município da Póvoa, Centro de Informação Turística de Esposende, AFC, Proriver, Onda Magna, Clube Desportivo da Póvoa, Piscinas Foz do Cávado, Casino da Póvoa, Hotel Suave Mar e Serviço de Desporto da Câmara Municipal de Esposende. Os responsáveis deste processo evidenciam uma estreita ligação entre a escola e as empresas, destacando um trabalho em conjunto que favorece este tipo de parcerias e prova que a aposta da EPE neste género de formação foi bem delineada. Quanto aos alunos, estão plenamente integrados na dinâmica empresarial, testando e aplicando as competências adquiridas ao longo de três anos de formação e a descobrir a realidade do mundo do trabalho. Disso nos dá conta a aluna Liliana Leites que realça “o bom ambiente de trabalho e a aprendizagem constante em cenário real”.

(Texto: Luzia Silva » Diretora de Turma)