Alunos de Apoio à Infância apresentam Provas de Aptidão Profissional

Ao longo do dia 5 de junho, os 24 alunos finalistas do curso Técnico de Apoio à Infância defenderam, perante um Júri, as Provas de Aptidão Profissional. O Júri era constituído pela Educadora de Infância e Diretora Pedagógica do Jardim de Infância da Santa Casa da Misericórdia de Fão, Inês Morais, pela Educadora de Infância e Diretora Técnica Amélia Viana, da ASCRA-Associação Social Cultural e Recreativa de Apúlia, pela Diretora Pedagógica da EPE, Sandra Amorim, pela Coordenadora de Curso, Sara Cepa, e pela Diretora de Turma, Vânia Faria. Depois de aberta a sessão e proferidas umas breves palavras de incentivo e coragem aos alunos, estes apresentaram os seus trabalhos que versaram sobre temáticas muito variadas:  valores, higiene, sentidos, literatura, ambiente, jogos tradicionais. Estas apresentações provaram a aptidão profissional dos alunos para o exercício da função de Técnico de Apoio à Infância e a sua preparação para ingressar no mercado de trabalho. Os projetos foram desenvolvidos ao longo de todo o ano letivo. Para a concretização das atividades, as instituições foram recebidas na escola onde as crianças desenvolveram atividades variadas e, em alguns momentos, na comunidade envolvendo as famílias e comunidade em geral. Num segundo momento, quando os alunos já estavam em estágio desenvolveram com autonomia as atividades a que se propunham. Assim, salientamos a importância da exemplar relação e envolvimento com a comunidade através desta afinidade e proximidade com as instituições e comunidade  que permite estabelecer fortes laços. Agradecemos a presença e envolvimento do Júri externo e congratulamos todos os alunos pela conclusão de mais uma etapa do seu percurso académico.

(Texto: Sara Cepa » Coordenadora de Curso)